Você está aqui

Quando somos atendidos de forma competente e eficiente pensamos que o próprio dono do negócio está realizando o atendimento — o que muitas vezes não é a realidade, mas demonstra a qualidade do serviço. Desenvolver o ownership nas empresas é uma forma de trazer esse engajamento para os empregados e melhorar os resultados da organização.

Neste artigo, vamos entender o que é ownership, quais são algumas características de quem apresenta “atitude de dono” e como isso é importante para a empresa. Além disso, traremos algumas dicas para desenvolver esse comportamento em funcionários e estagiários. Acompanhe a leitura!

Entenda o que é ownership

Ownership é uma palavra que vem do inglês e pode ser definida como “atitude ou sentimento de dono”. Esse termo é muito usado no mundo empresarial e engloba vários aspectos, sendo que o trabalhador passa a ter um engajamento maior com o negócio.

Para ter o ownership empresarial, não é necessário ser o dono de um negócio. Portanto, é interessante desenvolver nos funcionários essa atitude, permitindo que eles olhem para a empresa como se fosse deles. Isso contribui para aumentar o engajamento e a produtividade no trabalho.

Conheça algumas características de um profissional com "atitude de dono"

O funcionário que tem atitude de dono costuma ter características que são fundamentais para o sucesso individual e, principalmente, coletivo. Vamos conferir algumas delas!

Empatia

Esse trabalhador consegue se colocar no lugar dos outros, entendendo quais são as principais dificuldades e como isso pode ser superado. Desse modo, se torna um colega com capacidade de ajudar os demais e trazer conhecimentos importantes para melhorar a produtividade do negócio.

Interesse por outras áreas da empresa

Um dono conhece todas as áreas de uma empresa, e quem pretende ter essa atitude também precisa se interessar por outros setores. Isso permite que ele entenda como a organização funciona, sendo capaz de trabalhar de forma que facilite as demais etapas, produzindo um fluxo de trabalho mais eficiente.

Comunicação

A habilidade de comunicação também é fundamental para o sucesso de uma companhia. Por isso, o funcionário com o sentimento de dono deve ter facilidade para dialogar com chefes, colegas e liderados.

Entenda os benefícios desse pensamento para a empresa

O maior benefício dessa mentalidade na empresa é o aumento do engajamento e motivação dos empregados. Com o estímulo dessa filosofia, os profissionais se sentem naturalmente mais engajados, abraçando por completo os objetivos coletivos. Além disso, eles se tornam protagonistas na organização, conquistando mais autonomia e aprendendo a tomar decisões próprias que beneficiem o negócio.

O sentimento de dono também contribui para aumentar a retenção de talentos, já que os profissionais se sentem parte do negócio e valorizados, ou seja, não enxergam motivos para trocar de emprego. Isso é importante para que a empresa consiga otimizar a produtividade e melhorar seus resultados.

Confira 7 dicas de como desenvolver o ownership nos funcionários e estagiários

Essa mentalidade pode ser desenvolvida em todos os níveis da organização, sendo que até mesmo um estagiário com ownership é capaz de trazer grandes benefícios para a empresa. Veja como desenvolver essa atitude em funcionários e estagiários!

1. Estabeleça um planejamento

Para que essa cultura seja estimulada, é fundamental um planejamento adequado. É importante estabelecer as fases e os prazos de implantação, além de alinhar as expectativas dos trabalhadores. O funcionário provavelmente não desenvolverá a atitude de dono sozinho. Portanto, é preciso oferecer as ferramentas adequadas para que isso aconteça.

2. Crie um ambiente favorável

O ambiente também é relevante neste quesito. É importante que ele dê espaço para ideias e opiniões dos empregados, além de ser leve e com um bom relacionamento entre chefes e liderados. Procure incentivar e acolher todas as sugestões e propostas de melhorias. Esse envolvimento faz com que o profissional se sinta valorizado e passe a buscar por mais oportunidades de desenvolvimento e aprendizado contínuo.

3. Contrate conscientemente

O momento da contratação é extremamente importante para encontrar profissionais com potenciam para demonstrarem características de donos. A pessoa que quer entender os processos como um todo e enxerga a organização como parte da sua história geralmente terá comprometimento e engajamento.

4. Estimule projetos paralelos

Outra forma de fomentar o sentimento de dono em uma empresa é estimular os projetos paralelos. Desse modo, os funcionários vão trazer novas ideias e propor a criação de novos projetos, tornando-se empreendedores dentro do negócio.

É essencial criar metas e deixar que os profissionais tracem o caminho de maneira mais autônoma, a fim de desenvolver o espírito de empreendedorismo interno. Com isso, a organização alimentará a cultura de ownership e promoverá o crescimento e o desenvolvimento individual e coletivo.

5. Promova a formação de líderes

A formação de líderes também é parte essencial do estímulo à cultura de ownership nas empresas. O profissional preparado para liderar consegue enfrentar os desafios com mais facilidade e maior desenvoltura, melhorando seu desempenho.

Investir no desenvolvimento da liderança de um profissional contribui para aprimorar a cultura organizacional, além de reforçar a imagem da empresa como um lugar mais desejado para trabalhar.

6. Estabeleça uma política de feedbacks

Outro fator que contribui para desenvolver a atitude de dono é estabelecer uma política de feedbacks. Os funcionários precisam saber o que está sendo feito de forma correta e quais pontos podem ser melhorados.

Os feedbacks possibilitam o desenvolvimento e evitam a estagnação da equipe. Por meio dos dados levantados, é possível criar estratégias e elaborar um plano de desenvolvimento pessoal, facilitando o aperfeiçoamento da carreira dos profissionais.

7. Aperfeiçoe a comunicação

A comunicação também é fundamental quando se pretende estabelecer o ownership em uma organização. Procure horizontalizar as informações, pois a hierarquia pode atrapalhar este processo. Desta forma, estimule os líderes a multiplicarem seus conhecimentos com a equipe e utilize informativos para divulgar todas as práticas e ações tomadas dentro da organização.

 

Neste artigo, vimos o que é o ownership nas empresas e como ele é importante para melhorar o engajamento dos trabalhadores e a retenção de talentos. Seguindo os passos corretos, a organização conseguirá que seus profissionais tenham atitude de dono, preocupando-se com vários aspectos relativos ao negócio e otimizando o desempenho.

Gostou deste conteúdo? Então, aproveite para conhecer mais o IEL/RS e ver como podemos contribuir para o desenvolvimento do potencial humano na sua empresa!

quinta-feira, 23 de Julho de 2020 - 11h11

Deixe um Comentário

5 + 8 =