Você está aqui

Inovação para empresas: saiba como modernizar seu negócio

A inovação para empresas é vital para os negócios, pois permite explorar novos mercados muito mais rapidamente e permanecer à frente da concorrência. Ela também cria oportunidades para aumentar a eficiência, reduz custos e mantém a força de trabalho engajada e produtiva.

As organizações comprometidas e altamente engajadas em projetos inovadores são as que conseguem se reinventar continuamente. Afinal, como conquistam esse nível de excelência? 

Neste post, vamos apresentar um breve conceito do que é uma empresa inovadora, os modelos de negócios inovadores, as melhores dicas para colocar em prática e, por fim, alguns cases de sucesso para você se inspirar. Boa leitura!

O que é uma empresa empreendedora e inovadora?

Existem várias características que diferenciam uma empresa empreendedora e inovadora de outras. Para começar, o processo criativo passa por cinco etapas:

  1. brainstorming de ideias;
  2. decisão sobre quais implementar;
  3. desenvolvimento do processo com base no feedback;
  4. prototipagem rápida, barata e quantas vezes for preciso;
  5. teste com o usuário antes de investir na produção; e
  6. medição do sucesso. 

A tecnologia oferece soluções que permitem gerenciar mais facilmente todas as atividades envolvidas na geração de projetos. Entretanto, é útil pensar na inovação como algo que precisa ser gerenciado e não mais uma forma de gastar dinheiro, concorda?

As empresas empreendedoras e bem-sucedidas incentivam a colaboração entre funcionários e divisões. Da mesma forma, apoiam a comunicação aberta e valorizam o feedback. Quando as metas são definidas, as equipes recebem instruções e os recursos necessários para trabalhar com autonomia. 

Qualquer cultura orientada para a inovação se baseia nestas características fundamentais. Veja a seguir.

Estratégia

Para garantir a inovação e não a invenção, as empresas devem colocar a estratégia no centro de suas culturas. Ou seja, os esforços são orientados por insights, não por ansiedade. É recomendável se concentrar na compreensão de mercados, clientes, tecnologia e dados. 

Colaboração 

As grandes ideias nem sempre vêm de equipes dedicadas especialmente à inovação. Assim, as estruturas organizacionais que permitem que qualquer pessoa com uma ótima sugestão faça com que o projeto se mova se beneficiam muito mais. 

Quais são os modelos de negócios inovadores?

A inovação do modelo de negócios descreve os processos criativos e a lógica de como a empresa desenvolve, entrega e captura valor em vez de só disponibilizar o produto ou o serviço.

Por exemplo, o Google não inventou a internet e os computadores, mas usou esses recursos para projetar novos modelos de negócios como o mecanismo de pesquisa que apresentou uma proposta de valor modernizada para o público em geral. 

Trabalhar nisso é fundamental para a transformação. Muitas organizações compartilham um conjunto comum de preocupações:

  • Que tipo de mudança de modelo de negócios nos ajudará a alcançar um desempenho inovador?
  • Como antecipamos o futuro para prever novos modelos que poderão substituir ou complementar nosso atual modelo de negócio?
  • Como desenvolvemos a capacidade de desenvolver, testar rapidamente e escalar novos modelos? 

No nível do modelo operacional, o foco está em como gerar lucratividade, vantagem competitiva e criação de valor por meio das respostas a esses questionamentos.

Quais são as dicas de empreendedorismo e inovação para as empresas?

Embora uma ideia revolucionária seja capaz de transformar uma empresa, a combinação de pequenas ações também contribuem para tornar a organização inovadora. Confira as dicas.

Enraize uma cultura de inovação

O primeiro passo para a transformação é estabelecer uma cultura em que todas as ideias — boas ou más — sejam incentivadas, valorizadas e consideradas. Sem medo de rejeição, é mais provável que os funcionários desenvolvam a atitude de emitir opiniões e sugestões. 

Para criar essa cultura, é importante abrir linhas de comunicação entre a gerência e a equipe. Uma das maneiras é por meio de brainstorming em toda a empresa, sem esquecer de fornecer às pessoas um jeito prático de enviar as ideias, seja em folhinhas post-it ou digitalmente.

Comprometa toda a organização

O fator mais importante para a capacidade de inovação da empresa é a motivação e o comprometimento da equipe. Colaboradores inovadores garantem uma vantagem de mercado sustentável, trazem dinheiro e, portanto, contribuem consideravelmente para a sobrevivência do negócio. 

Ao contratar ativamente trabalhadores naturalmente inovadores — pessoas curiosas, imaginativas e inspiradas —, é possível criar uma base de pessoas instintivamente mais inclinadas à inovação.

Construa uma visão de futuro

Qualquer um pode perguntar "Como aumentamos as vendas?" ou "O que os clientes querem?". Entretanto, ao fazer variações nas perguntas comuns, você começa a abordar problemas, questões e oportunidades com uma mentalidade diferente. “Temos a força de vendas certa para esse tipo de cliente?” ou “O que nosso público quer mas ainda não sabe?”. São perguntas feitas por empreendedores que estão construindo as bases para o futuro inovador.

Portanto, faça questionamentos que desafiam o pensamento de todos de diferentes maneiras. Resista ao desejo de continuar fazendo sempre as mesmas perguntas comuns que só produzem ideias atrasadas repetidamente. 

Desenvolva e gerencie projetos inovadores

As novas tecnologias apresentam grandes oportunidades para as empresas que se envolvem com elas. É possível até investir sem comprar uma infraestrutura completa. Por exemplo, a Amazon é uma grande presença de varejo nos EUA, mas também tem um negócio de computação em nuvem de bilhões de dólares e opera em grande parte no espaço digital.

A Starbucks, que a maioria consideraria um setor de varejo ou estoque de restaurantes, foi pioneira em tecnologia no espaço de pagamento móvel. A cadeia de café estabeleceu pedidos solicitados e pagos por aplicativo.

Faça da inovação algo mensurável

É sempre bom saber como o negócio é ou foi afetado pela inovação. Por isso, é importante mostrar como a empresa gerou mais receita e lucro do que geraria sem a introdução dessa iniciativa. Lembre-se: seja específico.

Para isso, crie métricas importantes em torno do projeto para medir o retorno do investimento em pesquisa e em testes. Considere o custo versus o retorno, mas também inclua métricas qualitativas para desenvolver uma avaliação justa do sucesso inovador.

Quais são os cases de sucesso de inovação em empresas?

Confira alguns exemplos para ter insights poderosos.

Nubank

O banco brasileiro fornece todos os serviços por meio de canais digitais, diferente do setor bancário tradicional que depende de agências físicas ou da autorização para operações no celular. 

As políticas do Nubank que tratam da igualdade de gênero têm o objetivo de trazer mais mulheres para suas equipes de tecnologia. Em 2019, a marca organizou o "Sim, ela codifica!", um processo de recrutamento especificamente voltado para desenvolvedoras de software. 

A empresa trabalha para minimizar burocracias e utiliza recrutamento cego para minimizar vieses no processo de contratação. Ainda, tem um esquema de orientação exclusivo para mulheres líderes que envolve grupos de discussão para combater preconceitos inconscientes. 

Além disso, o Nubank oferece um programa que permite que as novas mães permaneçam conectadas ao objetivo profissional enquanto tiram 6 meses de licença familiar (os pais recebem 20 dias de licença).

Amazon

A Amazon exala inovação 24 horas por dia. A marca não apenas deu às pessoas transporte rápido e gratuito (com a taxa de assinatura anual a um preço simbólico, é claro) com milhares de itens com o Amazon Prime, como também fez com que as pessoas esperassem o transporte rápido e gratuito de qualquer outra empresa. 

Hoje, é decepcionante para os usuários da Amazon comprar online de outra empresa e não receber a mercadoria em 2 dias.

Ainda em desenvolvimento, a Prime Air vai permitir que os clientes recebam os pedidos em 30 minutos ou menos por meio de drones que farão a entrega na porta de casa. É isso mesmo, os robôs voadores entregam seus pacotes imediatamente após o pedido. O futuro está chegando rápido.

Ford e Volkswagen

Como dois dos maiores fabricantes de automóveis do mundo, Ford e Volkswagen são concorrentes na estrada. No entanto, em 2019 ambos anunciaram uma parceria para trabalhar em conjunto com o objetivo de desenvolver tecnologia para carros autônomos e veículos elétricos que seriam usados ​​nas frotas das empresas no futuro. 

Enquanto a Ford traz tecnologia de direção automatizada mais avançada, a Volkswagen liderava em veículos elétricos. Por meio do empreendimento combinado chamado ARGO, as duas empresas podem distribuir seus gastos em mais carros enquanto desenvolvem produtos concorrentes.

Microsoft 

Desde que Satya Nadella, novo CEO da Microsoft, assumiu o cargo, mudou o espírito de inovação da empresa. Antes, havia a cultura de eliminar os concorrentes. Agora, produtos como o Office 365 estão disponíveis em qualquer navegador, bem como nos ambientes mobile do Android do Google e iOS da Apple.

Huawei 

Até há bem pouco tempo, smartphone de qualidade era sinônimo de Apple, Samsung e LG (Coréia do Sul). Acontece que a Huawei investiu pesado em celebridades para divulgar seus principais telefones, como: Scarlett Johanssen, Lionel Messi, Henry Cavill e Gal Gadot. Esse investimento inicial elevou o reconhecimento da marca ao estágio em que, agora, concentra mais o marketing em recursos e funcionalidades.

Whirlpool

Em 1999, os líderes da Whirlpool, maior fabricante mundial de eletrodomésticos, insatisfeitos com os resultados, lançaram um desafio à equipe: transformar a empresa em uma fonte de inovação que quebra regras e agrada aos clientes.

O grupo colocou isso como tópico central nos programas de desenvolvimento, treinou centenas de mentores que ficaram encarregados de incentivar a inovação na empresa, forneceu as ferramentas necessárias e criou um conjunto de métricas. Todas essas ações não foram implantadas de uma vez só, mas aos poucos. As vendas aumentaram nos primeiros meses após as campanhas. 

Como você viu, a inovação para empresas ajuda a organização a se adaptar e a evoluir para sobreviver e crescer. Criar uma cultura centrada em feedbacks, recrutar os melhores profissionais, fazer as perguntas certas e sair da zona de conforto estão entre as principais dicas para conquistar os objetivos. Pense nisso!

Quer receber outros artigos úteis e informativos para o seu negócio, diretamente na sua caixa de entrada? Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba nossos conteúdos exclusivos!


Por Redator IEL
Terça-feira, 11 de Fevereiro de 2020 - 16h16

Deixe um Comentário

5 + 10 =